Tem crescido o número de pessoas fazendo peeling de diamante e cristal, um procedimento minimamente invasivo que suaviza a pele e resulta em uma aparência mais jovem. O tempo de recuperação pós-peeling em relação ao resultado alcançado vale e muito a pena, então caso você queira realizar esse tratamento estético, seguem algumas dicas!

Peeling: o que é

O peeling é um procedimento estético que utiliza uma solução ácida, a qual aplica-se à pele a fim de remover a camada cutânea desgastada, suavizando, assim, manchas, rugas e outros sinais de expressões. A solução que se utiliza ao realizar o peeling possui enzimas normalmente vegetais e partículas esfoliantes ácidas, e o processo pode ser feito com uma caneta diamantada HTM.

Pacientes podem realizar um peeling profundo, médio ou superficial, sendo que esses dois últimos tipos são os mais recomendados já que dão um bom resultado e não agridem tanto a pele. No caso do peeling profundo, pode ser preciso anestesiar a região, além de ser feito por um profissional com experiência nesse tipo de tratamento estético.

Peeling: para que serve

A pele do rosto é uma das mais sensíveis e, portanto, a que mais sofre com os danos dos raios solares, que acabam deixando a pele manchada, com uma textura áspera, entre outros sinais desagradáveis, infelizmente. O peeling de diamante ou de cristal serve para ajudar a amenizar tais danos, regularizar a pigmentação e rejuvenescer a pele, melhorando também marcas mais superficiais deixadas pela acne.

Com o kit peeling de diamante HTM, é possível remover as células “velhas” da epiderme e até mesmo da segunda camada cutânea (derme) e, desta forma, incentivar o corpo a produzir células novas.

Cuidados pós peeling

Logo após finalizar o peeling, é normal que a região fique avermelhada, irritada e até comece a descamar, por isso você não deve expor seu rosto ao sol para não “sabotar” o tratamento estético. Caso tenha que sair de casa, a recomendação é usar um bom filtro solar e um chapéu, inclusive nas estações mais frias.

Outro cuidado na recuperação do peeling é não coçar a região que foi tratada nem mesmo aplicar água muito quente durante o banho, evitando também sabonete esfoliante e qualquer produto que possua álcool. Mas não se preocupe, pois o profissional que realizar seu peeling lhe dará todas as informações e cuidados pós-tratamento.

Quanto tempo a pele leva para se recuperar?

Quando o peeling é feito na camada superficial do rosto, o paciente se recupera em menos de 7 dias, normalmente. Se for um peeling médio, a pele se cicatriza no máximo em 15 dias, geralmente, e quando é um peeling profundo, pode levar um mês em média para a recuperação.

Quanto tempo dura o efeito do peeling?

Esse é um tratamento estético que tem resultados prolongados, ou seja, dependendo do tipo de peeling que você fizer, outra sessão só será necessária cerca de um semestre a um ano depois. Mas caso você note que, mesmo tomando todos os cuidados, sua pele precisa de um peeling de diamante ou cristal após alguns meses, basta falar com seu esteticista.